29 de outubro de 2010

Nossa história






Participando da promoção do blog da Thais
vou contar a história de como eu e Bruno nos conhecemos.Confesso que morro de curiosidade pra saber a história de todas as meninas que sigo...rsrs e amei a ideia original da Thais!!

abril de 2002:
Eu tinha uma amiga chamada Thais,que estudava na mesma escola que o Bruno.E a Thais era o tipo de pessoa que adora desencalhar alguém e não ia sossegar enquanto não me visse com um namorado(eu nunca tinha namorado,nem ficado,nem beijado,nem selinho até então) então ela encasquetou nas ideias que iria me apresentar alguém.Eu disse que não queria, pois nem passava pela minha cabeça namorar, tinha nojo de ver minha irmã e meu cunhado se beijando e pra mim estava ótimo solteira e ponto.Mas ela não desistiu,disse que tinha um menino na sala dela que servia pra mim (vê se pode), só que ele era noivo (sim,meu precoce marido namorava uma menina de 13 anos fazia 2 anos, e os dois se declaravam noivos,coisa de criança),só que ela falou que o relacionamento dos dois já não ia bem (resumindo ele vivia chifrando a bichinha)então ela disse para eu escrever uma carta pra ele.Achei engraçado e escrevi a tal carta, fui falando sobre mim(gente,cês não fazem ideia do quão boba era a carta) dizendo o que eu gostava, perguntando se ele gostava de rock,guitarra e etc (tem que ter perguntas né,porque assim ele seria OBRIGADO a me responder) e ficamos nisso mesmo.

Julho de 2002:
A coisa foi ficando mais séria e a Thais marcou um encontro nosso.Só que ele nunca ia aos encontros.Perdi as contas de quantas vezes ia para a porta da escola dele e ele não saia enquanto eu não fosse embora (ele disse que tinha vergonha e ficava com medo de que eu o achasse feio) e eu ficava lá sentada,lendo Harry potter, a esperança de ver nem que fosse o nariz dele só para ter uma ideia.

04 de agosto de 2002:
Estou na igreja e avisto um menino na sacada,nem me passa pela cabeça que podia ser ele.Mas nós demos aquela olhada,sabe aquele olhar tipo: tô te comendo vivo? pois é, esse olhar, daí desci e fui falar com a Thais.E ela logo me fala: menina o Bruno está lá em cima.E eu quase não acreditei quando ela nos apresentou.Ele era o menino que eu tinha visto e trocado olhares.No começo ele ficou bem tímido e falou que tinha 18 anos.

Pausa: ele tinha 16 anos e eu 17, e ele morria de medo de eu não querer namorar com ele por ser mais novo.

Despausa: E logo no começo da conversa me identifiquei muito com ele.Tinhamos os mesmos gostos, as mesmas bandas preferidas, pensei na minha mente: perfeito,se for pra namorar será com ele.Trocamos telefone,e cartinhas e tchau.

12 de agosto de 2002:
Só nos encontramos novamente no dia 12,que foi o dia em que ele criou coragem para me pedir em namoro ( a minha amiga tinha feito o favor de adiantar pra ele que eu nunca tinha namorado, e que só iria aceitar se ele fosse lá em casa pedir a meu pai,só então eu beijaria e tale coisa coisa e tale, fora isso não,eu nunca pensei em ficar com ninguém,isso não combinava comigo:beijar alguém que eu nunca tinha visto na vida e depois bye.Então comigo era assim:ou pedia em namoro ou nem selinho tinha.Tá ai o motivo de ser BV com 17 anos...hsuahushau)
Daí eu fiz aquele joguinho duro: vou pensar (tenho a mente antiga demais). Eu não sabia se aceitava ou não, eu não estava desesperada para arrumar um namorado,estava bem demais solteira, e pensava sempre no lado: e se ele terminar comigo depois?.Eu tinha o sonho de casar com o primeiro namorado e tinha medo só de pensar em alguém terminando comigo e eu sofrendo com isso.

13 de agosto de 2002:
Ele passou por mim e fingiu que nem me conhecia (ele disse que era medo de levar um não, e ele estava certo,aquele dia eu diria não pra ele,mas ele passou direto,sorte a minha)

14 de agosto de 2002:
Finalmente nos encontramos no ponto de ônibus (que história mais pobre né minha genti) e ele falou: quer namorar comigo,bem do jeitinho que eu sonhava, e ai eu pensei, falei: mas é namoro sério né? você vai pedir ao meu pai e tudo né? ele disse que sim,que sempre namorava sério (ô menino precoce) e comigo não ia ser diferente.Então eu disse um sim meio que: e agora? quem poderá me defender? vou ter que beijá-lo...e eu nem sei beijar,nem treinei nos cotovelos, no copo com gelo, no espelho....aimeudeus, e se ele colocar a língua? ferrou tudo...o que é que eu faço??
Dai ele veio chegando, e chegando e perguntou: posso te beijar?? Genti do céu, fiquei tonta na hora...quase tive um infarte, só pensava no que eu ia fazer se ele colocasse a língua, misericórdia. E eu disse um sim tão sem graça,que se eu fosse ele nem beijava...mas ele beijou, e é claro que foi HORRÍVEL,como eu esperava ele meteu o maior linguão de sapo e eu não sabia o que fazer.Conclusão:não durou nem 1 seg. e meu ônibus passou na exata hora, e o que eu fiz: sai correndo,dando tchauzinho igual miss,e fiquei no banco do busão,rindo que só eu,não acreditava que tinha sido beijada...meu sapo me beijou!

15 de agosto 2002:
Neste dia ele foi pedir ao meu pai, e é claro que meu pai aceitou com sorriso de orelha a orelha (porque nessa altura do campeonato ele já pensava que eu era lésbica,pois só andava com mulher e nunca tinha namorado)e ele achava que meu pai era super linha dura (por causa do terror básico que a thais colocou nele).
E fui levar ele no ponto,e veio a tradicional frase:posso te beijar.Mas perá-la,se toda vez que agente fosse namorar ele perguntasse isso, era melhor gravar e dar play,porque ia ficar cansativo.Então falei: agora não precisa mais pedir. Hum,recado dado.

31 de dezembro de 2003:
Depois de muitos beijinhos (preciso dizer que fiquei expert com 2 semanas),fui pedida em noivado e no dia 31 de dezembro noivamos.A verdade é que desde a primeira semana ele sempre falava em casamento.Só que ai descobri que ele tinha apenas 16 anos!Um adolescente,mas isso não mudou em nada meu amor por ele,pelo contrário ,me senti a fodelona por namorar alguém mais novo (mesmo que sejam só 11 meses e 24 dias de diferença como ele adora frisar)e daí veio a implicância da sogra: ele não queria de jeito maneira esse namoro,e nesse meio tempo expulsou ele de casa, falou que não ia dar mais nada pra ele, ele foi demitido (ele trabalhava na loja do pai),contratou a ex dele (pausa,quando eu conheci ele ainda namorava,lembram? e então que a menina com dor de chifre,pois diz ela que ele ainda estava com ela quando me pediu em namoro,e ele afirma de pés juntos que não, fez de tudo para acabar com nosso namoro,até inventou que eu estava grávida com 1 mes de namoro sendo que agente nem fazia nada, e foi chato ter que escutar da minha sogra: se você estiver mesmo grávida,pode ter certeza que meu filho não vai assumir!Porque ele nem maior de idade é,e não tem condições de criar um filho.Então você terá que se virar sozinha.)para trabalhar na loja e tratava a menina a pão de ló só para me fazer raiva,mas não adiantou!

14 de janeiro de 2006:
Após muitas indas e vindas da casa da mãe dele (ele morou com amigos e sempre ia e voltava) a mãe dele acabou me engolindo! Sabe aquele ditado: se não posso contra,vou me unir! Pois foi isso que ela fez,do nada passou a falar comigo (frisando: Bruno falou pra ela que se ela continuasse com a palhaçada de não falar comigo e me ignorar como ela fazia,quando nós tivessemos nossos filhos,ela nem ia ver)então ela veio toda anjinha uma semana antes do meu casamento,falar que preferia que ele estivesse casando com a outra(a menina tinha só 14 anos,onde estavam os pais dessa sem juízo???) masssssssssss como era ele que devia escolher ela não iria mais se opor.
E foi assim,casamos,e fomos felizes para sempre.Nunca precisei provar nada para ela nem para os parentes (no caso os dele)mas foi chato casar sob os olhares de: só podem estar grávidos! Porque todo mundo pensava isso (ele tinha 19 anos e eu 20) vendo 2 pessoas se casarem tão cedo.E todo ano era: e ai cadê o bebê? Mas eu só fui tentar em 2008, e não consegui.E agora em 2010 nossa vida se tornou completa com o Bryan.
E essa é nossa história e posso ser clichê?? E foram felizes para sempre!

Ele assinando a forca...hahahahaha


Nós dois,magrinhos,chupadinhos e palitinhos na lua de mel em Penedo
P.S1: Tá rolando um sorteio bacana de um livro do Ziraldo la no blog da Marina,passa lá e confira.

P.S2: Próximo post eu coloco os selinhos que ganhei! Eu amo receber selinhos,mesmo que demore pra postar tá...rsrs

P.S3:Tô cruzando os dedos pra ganhar a promoção da Thais,porque eu necessito de uma agenda hohohoho.

17 comentários:

Thalita x Luciano = Pedro Henrique disse...

NOSSA QUE LINDA SUA HISTORIA AMEI..AGORA ESSA SOGRA QUE FEIO NÉ... MINHA 1 SOGRA ERA ASSIM MAIS AGORA MINHA SOGRINHA ME AMA E EU AMO ELA....
mINHA HISTORIA DE AMOR É LINDA COMPLICADA ETC KKKKKKKKK
BEIJOSSS

Dina disse...

Que lindo Jaque. Sogra é sogra né! A minha é uma fofa ainda bem!

Qual o tema que vc decidiu pra festa do Bryan?
Bjs

Rebeca disse...

Ahhh, que lindo!
Histórias de amor são sempre lindas, ainda mais com final feliz!
Qualquer dia vou escrever a minha e a do Rô, o povo até hoje duvida que nos conhecemos pela internet e deu casamento e filhinho hahaha. Só que quando eu contra a parte da sogra vc vai achar que é plágio, pois ela não me tolera e só está me tratando bem pq está com medo de eu não levar o Rafael na casa dela rsrsrs

Beijos

Camila disse...

Adorei saber sua história! Agora fala sério...q magreza era essa menina? haha

Thais Bessa disse...

Adorei! Pirei que ele foi seu primeiro beijo, primeiro tudo. Achava que isso nem existia mais, rs. Sua sogra tb me surpreendeu, mas ainda bem q depois as coisas consertaram bem, né?

Bjos e boa sorte! :p

PS: Geeeeente, e a cara do Bruno de menino na foto do casório? O juiz não pediu pra ver o RG não, rs?

Cheilinha disse...

Amei sua história de amor, muito linda!
Bjs.

Anônimo disse...

No ano passado eu tive uma amiga que passou por uma história parecida coma dessa moça Anne que está sendo falada nos blogs,não sei qual a intenção dessa moça se é tirar a piedade das pessoas ou se realmente está querendo tirar dinheiro,como está acontecendo campanhas pra isto em outros blogs.
O fato é que eu não acreditei muito na história e fui investigar,então descobrir um outro blog dessa Anne,com um outro nome Verajane e dizendo morar no Rio,percebi que se tratava da mesma,pois possue poucos seguidores apenas 2,sendo que um é a amiga Amanda Braga que está promovendo também a campnha pra arrecadar dinheiro dizendo que é pra Anne ir até Campinas.

o outro blog dela é:

http://vera-verasantana.blogspot.com/

o blog da Amanda Braga que é amiga e diz morar em Belém é este:

http://mundodaflorzinha.blogspot.com/

Fique atenta,pois nem todo mundo é o que diz neste mundo virtual,pessoas agem de má fé,pra tirar dinheiro e piedade das outras.

Fica meu alerta.

(Mamãe) ~Pinel disse...

Adorei muuito saber a sua história!!!
Seu vestido de noiva é L-I-N-D-O!

Sou louca para chegar meu dia de casar, mas para isso antes temos que arrumar uma graninha pra nos sustentarmos né!
Mas se tudo der certo, caso que nem você, com 20 aninhos! =D

Beijo!

Áries disse...

Ai Jac, até falando de coisa séria vc consegue ser engraçada rsrsrsrsrs, que sogra hein?
Que história bonita, que bom que teve e está tendo não um final, mas um presente feliz, ainda mais agora com seu príncipezinho Bryan.
Que Deus continue abençoando essa linda família e essa linda união.
Qualquer hora dessas tento relatar minha história tbm rsrsrsrsrs, dá um livro rsrsrsrs, mas é bem curiosa.
Bjos

Cris Fagá disse...

Ahh Jacque.. simplesmente demais a sua historia... Linda mesmo...
E que legal voce se casar com o primeiro namorado... Ta ai uma coisa que eu nunca quis.. rs..
Mas sempre quis conhecer alguem que tivesse se casado com o primeiro namorado. Conheço algumas que casaram com o primeiro a ter relaçoes, mas o primeiro a beijar? PARABENS!!!!!
E voces eram - e continuam sendo - muito bonitos juntos.. Carinha de bebes, né?
Adorei a historia..

Mas sinto muito amiga, eu tambem estou concorrendo.. rs...
Beijos...

Tati Antunes de Andrade Cortes disse...

Linda história....Quando tem que acontecer e duas pessoas se amam não adianta, sogra, sogro, familia e nem nada...
Deus uni e ninguem separa....
Parabéns...
Beijinhos!

Agnes, Mãe do Pedro Henrique disse...

hahahaha
ri muito amiga, só tu para fazer dessas historias as mais divertidas possiveis!
Que precoce esse seu marido viu! kkkkk
linda a historia, que bom que vc não desistiu por ter uma sogra assim! (a minha é parecida, kkkk)!
e olha ai agora o fruto do amor né, o LINDO BRYAN!
bjossss
e felicidades SEMPRE para vcs!

Eventari disse...

que lindoooooooooooooo
hehehehehe
muito bom
e esta história linda foi coroada com seu loirinho =)

Taly Watanabe disse...

Haaa que xuxuuu...lindooooooo...adorei a história de vcs..linda mesmo..

Vc viu a toicinha q a Emily esta?rsrs...brincadeirinha deve estar com o peso bom né?

Ai menina eu do jeito q sou medrosa quero só ver qdo precisar aparar as garrinhas da Emily..mas vai dar tudo certo não vai?rs

Então qto o curso eu tb estava em um desanimo só...tinha me inscrito 2 vezes e não fui..nesse dia q fui ja era a 3ºinscrição, quaseee q não fui novamente...rs..mas tomei coragem e fui..aiiiinda bem q eu fui, mta coisa proveitosa..

Ai Jaque as fotos ficaram tãooo lindas...vou colocar no prox post..mas antes estou respondendo os comentários do post anterior né?rs...

Vc que marido besta eu tenho...tem varios videos, esses dias eu estava rindo tanto q a Emily ficou com soluço na barriga..ooo dó...rsrs...

Um bjo enorme pra vcs

Camila Tatagiba disse...

Que anônimo abusado esse... uahsuahsuhaushuah...
Eu ri!!!

Tbm contei minha historinha la no meu! Posso nao ter filhos meus mas tenho 3 deles!! rsrs...

Bjokas!

EvELLyN disse...

Que Historia Linda.

Boa sorte para vc, com o sorteio.

Que vcs sejam muito, muito felzes.

Bom feriado

Grande abraço.

Anônimo disse...

http://site.ru - [url=http://site.ru]site[/url] site
site

Contando...

 

Blog Template by BloggerCandy.com