18 de maio de 2016

O desfralde do sucesso (ou: ensinando a nadar no dinheiro)


Depois do meu desespero relatado neste post para desfraldar a Bela, mês passado eu finalmente obtive sucesso.
Confesso que eu achava que seria mais difícil, mas como todos mencionam, desfraldar menina é mais fácil que menino (acredite, eu vivi as duas experiências).

Tudo começou por causa da escola, que teve uma grande influência no desfralde da Bela. Quando ela começou as aulas, ainda usava fralda 24h por dia. Vendo as coleguinhas pedirem para ir ao banheiro, a Bebela finalmente se tocou que fazer suas necessidades no vaso era legal.
Um belo dia, ela chegou toda decidida em casa, e me pediu para tirar a fralda. ME-PEDIU-PARA-TIRAR-A-FRALDA.
Eu jamais imaginava que ela tomaria essa decisão. Muito cética, eu aceitei tirar. Neste dia ela pediu para ir ao banheiro 416746414 vezes. Encheu o saco? sim (e muito), mas eu precisava continuar firme no propósito.
No segundo dia rolou um pequeno acidente na calcinha mesmo. Ela ficou muito chateada, pediu desculpas mais vezes do que o Justin Bieber pede na música Sorry , e seguimos sem a fralda.

O primeiro dia sem fralda na escola, eu jurava que seria um fracasso. Mandei umas trocentas mudas de roupa (vai que...), e fiquei ansiosa para saber como ela se comportou. Meu alívio e alegria veio quando a professora relatou que não teve um acidente. Nem um pingo fora do vaso. Viva.
E daí pra frente o desfralde foi só sucesso e amor.

E detalhe, nunca usei troninho nem com ela, nem com o Bryan. Na época do Bryan eu fiquei na dúvida de qual comprar, e acabei optando por ir direto pro vaso. Com ela foi a mesma coisa. Como na escola não teria troninho, foi bem melhor ela aprender diretamente no vaso (sem redutor).
De noite foi bem tranquilo também. Com 15 dias de desfraldada, notei que as fraldas noturnas amanheciam secas. Então parei de usar (só voltei a usar agora no inverno, com medo de escape), e ela passou a pedir para ir ao banheiro de madrugada algumas vezes.

O desfralde pode ser um verdadeiro teste de paciência (acredite, no começo eles vão pedir para ir ao banheiro várias vezes, até aprender a ir somente quando der vontade). Mas nada se compara a felicidade de economizar money.
Eu gastava cerca de R$ 150 temers por mês, o que totalizava R$ 1,800 por ano (pois é minha gente, filho gasta bagarai). Imagina essa economia no bolso?
Viva o desfralde (até o próximo filho)

4 comentários:

Ártemis disse...

yay! que bacana!

ri muito com o sorry. ahahah

bjs

disse...

Que legal! aqui o desfralde aconteceu tb só depois dos 3 anos.
Saudade de suas postagens.
Você tem fan page?

bj

Deninha Costa disse...

Que bom!
Por aqui to começando a entrar no desfralde,mas Luiza já pedi pra ir ao banheiro,espero que logo ela deixe as fraldas. Beijos

Swonkie disse...

Olá :) Enviamos um convite para o teu email. Caso não tenhas lá recebido poderás aceder à nossa plataforma em https://swonkie.com
Contamos contigo? :)

Contando...

 

Blog Template by BloggerCandy.com