5 de dezembro de 2011

Chama a Supernanny - Parte I


Hi girls que ainda continuam por aqui...rs
Resolvi tirar as teias e poeiras de vez do blog (cof cof cof), e estou voltando aos pouquinhos. Ainda não posso fazer postagens diárias, mas prometo vir pelo menos 3 vezes na semana, e sempre retribuir quem comentar por aqui (porque é impraticável visitar os mais de 300 blogs que eu sigo).
Vamos ao assunto do post: Chamem a Supernanny, please!! Bryan está numa fase de desobediência generalizada.
É assim: vocês sabem como sou mole em questão de brigar com ele né? então: ele mexe em algo que não pode, eu falo não, ele volta a mexer, eu faço cara feia, ele faz biquinho-carinha-do-gato-de-botas e eu corro para pegar ele no colo e fica por isso mesmo.
Só que de uns tempos pra cá, o Bryan se deu conta do quanto a mãe tem o coração de margarina, e resolveu me testar.

Sendo assim, raramente ele me obedece, e eu acabo me dando por vencida e deixo ele fazer, ou pegar o que queria. E isso é o maior medo que eu tinha na maternidade: ser uma mãe mole. Mas eu sou, confesso: sou extremamente mole.
Como vou virar uma sargentona estilo Supernanny??? eu não sei, mas eu quero descobrir o poder hipnótico daquela mulher.
Não é possível que um simples cantinho da obediência de jeito naquelas crianças, porque aqui foi a tentativa mais #fail que existiu.

Por conta dos "atos terroristas" do Bryan, eu tive que mudar várias coisas de lugar. Aqui em casa é tudo no alto praticamente, fora as portas do guarda-roupa e cômoda que são "trancadas" com sacolas prásticas no maior improviso. Está difícil domar a minha ferinha!!
E vocês mamães, que métodos usam para manter os pequenos longe das coisas que não podem mexer??

Bjos

23 comentários:

Mamãe Cláudia disse...

Ai amiga...
Eu sou outra molenga... kakakaka...
Tenho feito o mesmo, se não quero que ele mexa,eu troco de lugar!!!
Eitha, vida de mãe!!!
Risos...

Dayane disse...

Jacque, eu no lugar de ficar dizendo "não" direto, arrumo logo outra coisa pra distrair ela. As crianças não obedecem ao "não", melhor mesmo é arrumar uma alternativa, mas tem que ter jogo de cintura pra que eles percam o interesse naquilo que não pode.
Boa sorte! hehehe
Beijos

Cris Fagá disse...

Bom Jacque, eu sou durona.
Aqui tem até o cantinho do castigo para o Renzo que tem a mania de se jogar no chao quando algo nao sai do seu agrado. Eu coloco ele sentadinho la e ele fica o tempo que estiver chorando (leia GRITANDO) ou fazendo birra. Nao tirei nadinha do lugar. Digo nao e pronto. E se ele insiste em mexer, eu tiro da mao dele. E se ele faz birra, senta na cadeirinha. Jà era assim com os outros dois. E com ele nao sou diferente. Mas sei que ele é bem diferente dos irmaos. Ele é mais genioso e mais teimoso tambem. Ontem fomos em Verona e ele andando a praça toda. Quando eu quis que ele desse a volta porque ja tinhamos nos afastado muito do pessoal, ele simplesmente começou a fazer birra no meio da rua. Fui, como sempre sou, severa. PEguei ele no colo e fomos sentar até ele parar de chorar. Sei que é dificil, mas tenho que ser dura. Principalmente porque acho que bater nao é a soluçao. O Gui apanhou uma vez e a Luana idem. Foram merecidos e resolveu. Porque como nao bato nunca eles sabiam que o negocio era serio. Espero que ele aprenda a me respeitar como os outros dois me respeitavam... é.. no passado.. adolescencia é outra historia e quem tiver alguma dica, estou de ouvidos abertos.. hahaha

Lais disse...

Aqui também é tudo adaptado pro Douglas. Como mudamos a pouco tempo, quase não temos móveis, especialmente na sala, ainda mais porque o apto tem armários embutidos. Os da sala estão "travados" com elásticos rs e os outros embutidos tem chave, o que é ótimo!
Antes mesmo de mudarmos já tratei de providenciar um portãozinho pra cozinha, então lá ele não entra nem pensar. Tem um também no quarto onde fica o pc. E assim vamos levando a vida rs...

Beijão!

Mamãe juliana disse...

aiaiai Jacque lendo seus post me sinto uma mãe insensivel ... minha filhota tem a idade do Bryan e sim temos o cantinho do pensamento ...claro que ela fica somente no máximo meio minuto, mas jah entendeu a lógica da coisa... e assim vamos indo ... aprendendo a lidar coma as birras e desobediencias diaria ssrsrsrrsrsrs

Di disse...

Ixi, metodo nenhum... tirando tomadas, facas ecoisas do tipo, assumi a linha liberou geral mesmo. Mas acredito que o melhor pra criança e explorar e conhecer o ambiente. E ate que não falar tantos nãos ajuda um pouco, pois na hora que voce fala, e fala serio, da uma assustadinha e eles levam mais a serio.
Sei la, sou mole tambem, rs mas o que sempre procuro fazer e explicar o que é, por que pode, por que não pode. Isso ajuda!

bjs
Di

Patricia Charleaux disse...

kkk.Então o Bryan anda terrível??Criança é assim mesmo, sinal de saúde , graças a Deus !!!Então me conta vc vai participar do amigo secreto???Espero sua resposta!!Participa sim ,gosto muito de vc, será uma alegria ter sua participação!!Bjs

Aline Milanez disse...

Marcus diz que sou sargentona..acho que não é bem assim..eu dou liberdade pra Anna fazer aquilo que não vai machucá-la..Ela é super danada, arteira pra caramba etão, de alguma forma tenho que colocar limites senão! Aqui já não tem mais nada no baixo, as gavetas e portas tem travas e na cozinha, tem um portãozinho..acho que algumas medidas até nos ajudam a ter um pouco mais de tranquilidade dentro de casa!
bjs!

(Mamãe) ~Pinel disse...

Bom Jacque, no meu caso, eu não sou mole com a Lara, e assim como a Dayane, eu distraio para outra coisa.
Digo o não, mas não insisto. Quando falei o não, que ela já entende ser algo ruim pelo menos, e ela repetiu, eu tira ela do lugar, ou tiro algo da sua mão e a distraio para outra coisa.

É péssimo ver a carinha de choro, mas eu sei que é manha, então não me abalo (tanto).

Beijo! E tente ser mais firme. Vai exigir muita força e paciência, mas se conseguir, terá o que deseja, ou pelo menos terá menos birras do Bryan!

Boa sorte. Tchauzinho! =D

Ivna Pinna disse...

Bem que eu queria aquela fórmula tão mágica! hahahahaha
Pq o Enry tá muito, muito desobediente. E que fique bem claro! eu digo não, NÃO mesmo. Sou até meio durona nas birras.. mas tem jeito??? hahahahaha

Beijos

Claudia Bonello disse...

É dificil né Jaque, o Luiz, ta numa de se jogar no chão e chorar com as mãos no rosto, dia desde deixei ele chorando cozinha e nem olhei pra trás, sai e fui pro quarto, não deu 1 minuto ele tava atrás de mim, brincando e esqueceo o acontecido, mas ai eu conversei com ele, e expliquei o q eu achava certo...
Boa Sorte pra vc, a tenhe muita mas muita paciencia msm...

Abraços

Áries disse...

Não sei se é boa coisa mas eu GRITO com a Mel, mas percebo que ela está aprendendo a gritar tbm, que coisa complicada né?
Não gosto de bater não, nunca bati, mas confesso que está passando da hora de impor alguns limites, só não sei como, estou igual a vc, perdidinha da silva rsrsrsrsrs.
Bjos

Edna Fernandes disse...

oi Jaque saudades de vc!!
Olha não tem muito jeito não vc tem que aprender a ser mais firme se não não há super nany que der jeito, o Pedro tb quer aprontar das suas, mais ai eu digo que não pode e fico firme, ate ele desistir e quando ele insisti eu vou lá pego ele e tiro do lugar e digo que lá não pode ai ele desiste hehhehe
Da um aperto no coração principalmente quando ele faz biquinho e carinha de gato (queria saber como é que eles já nascem com esse Dom!!) Mais amiga não tem jeito!!
bjs e boa sorte ai com a ferinha.

Ariane disse...

Dureza ein... bem, o que faço aqui e tem funcionado é o seguinte:

Tentar mudar o foco. Quando o meu cisma em mexer em algo q nao pode e insiste em nao me obedecer, eu mostro algo que tbm seja interessante a ele.
Explicar 1500 cansativas vezes q nao pode e machuca ou quebra, cansa mas é necessário.
Manter a calma e postura sempre. Eles são inteligentes demais e sabem quando e como levar a gente.
Dizer não e pronto. Às vezes ele me tira completamente do sério, eu digo q falei pra não mexer e pronto. Tiro ele do lugar e coloco em outro. Ele fica meio espantado mas acaba funcionando...rs

Segredo não deve ter, nem uma formula magica, cada criança é unica e o q funciona com um pode nao funcionar com outro... mta paciencia aí e força!

beijo

Thais Bessa disse...

Eu sou na linha do meio, mas mais pra durona. Eu penso que crianca aprende e cabe aos pais ensinarem. Eu prefiro ensinar os limites do que mais atrde deixar a vida ensinar com muito sofrimento.

Eu publiquei hoje um post enorme que eu vinha escrevenedo ha meses sobre como a gente faz disciplina la em casa. Nada eh do dia pra noite, mas funciona.

Bjos

PS: Cade foto do Bryan que eh bom????

- Anine Pinheiro - disse...

Então jacque, isso é complicado né??
Cantinho da disciplina, dizem que só funciona dps de 2 anos, por isso nem tentei, até pq lá em casa tem 2 andares e Guilherminho fica na casa da minha mãe e por isso eu teria q ter 3 cantinhos, rsrs, e acho q ele ficaria meio perdido.
O q eu tenho é feito é dividir as artes em categorias.
Se for coisa leve, eu ignoro, tiro do lugar, mudo o foco dele.

Se for mais sério, como bater por exemplo, eu sento, olho nos olhos, digo que não pode, sou convicta e sarjentona mesmo.

Dia desses cheguei a chorar(eu tava de tpm, rá) pra mostrar o quanto era ruim levar um tapa dele. Ele se sensibilizou, chorou e parou. (claro que antes rolou conversa, não pode e pronto e tals) tudo com o pai falando firme e me apoiando. PArece que deu certo.

Beijos

Dani disse...

Eu vou ter que esconder a geladeira do Pedro daqui uns meses, porque ele já tá obeso dentro de mim viu, haha

Apareça mais, sinto sua falta! :*

Patricia Charleaux disse...

ok ,Jacqueline sei como são essas coisas, eu também estou economizando para o aniversario do João, fica para a próxima, agradeço por ter avisado e me passa seu endereço para eu te enviar um cartão de natal, gosto muito de vc. patriciacharleaux@yahoo.com.br
bjs

Michely Avanti disse...

Hahahahaha adorei a foto!

Mas é assim mesmo! E qdo eles descobrem o quanto bobas somos aí é que deitam e rolam!!!

Pedro agora tá na fase furacão catrina... só por Deus!

Beijos.

Ananda Etges disse...

Só quero ver qndo chegar a minha vez de encarar essa fase!

Beijos, Ananda

http://projetodemae.wordpress.com

Bia disse...

Oi jaque! acredita que só agora eu consegui tempo para entrar aqui e ser seguidora do novo blog? (vergonha)
Olha, aqui em casa tem trancas nos armários desde que Arthur engatinhava, e hoje eu posso deixar elas abertas que ele não mexe.
Agora, eu uso a mesma tática das gurias ali de cima, desvio o foco, mas confesso que as vezes dou uns gritos (e ele nem tchum pra mim)... quando a coisa aperta e me irrito muito nós saímos do lugar e damos uma volta, e penso bem sobre o que vale a pena bater o pé e o que não vale, se não é nada que ofereça perigo eu deixo, economizo os meu nãos para que eles tenham mais valor...
acho cedo para colocar de cstigo...

beijos

O lord da diva disse...

kkkkkkkkkkkkkkkk tu é uma figuraça amiga.
olha posso diserrrrrrrrr kkk
morrrrrrrrro de medo deu embarrangar mais ahahahaha
bitocas

Michely Avanti disse...

Feliz Natal pra vc e sua família Jaque! Que nesse novo ano tudo de melhor aconteca na sua vida!!!!!

Bjoooooos.

Contando...

 

Blog Template by BloggerCandy.com