30 de dezembro de 2011

Retrospectiva 2011

Olá meninas. Hoje resolvi fazer uma retrospectiva do maravilhoso ano de 2011. Foi o ano em que muita coisa aconteceu no desenvolvimento do Bryan, e sem dúvida foi uma das melhores fases da maternidade, onde vi meu pequenino bebê se transformando em um bebezão super esperto e semi-independente.
Vamos a retro (já estou com lágrimas nos olhos):

Janeiro 2011

Dia 25 de janeiro você deu seus primeiros passos. Mamãe ficou toda boba, achando que você logo iria andar, mas estava enganada. Você morria de medo da comemoração exagerada da mamãe, e logo que começava a andar, parava, arregalava os olhos de medo e desistia de tentar.
Só pra contrariar, você andava se segurando em tudo, ainda não tinha muita firmeza nas pernas, e mamãe soube respeitar o seu tempo, pois eu sabia que logo você estaria andando e deixaria de ser meu bebê engatinhante.
Você já dormia sozinho em seu bercinho e a madrugada inteira, isso dava uma baita descanso na mamãe aqui.







Com 9 meses você ainda devorava seus pés. Só eu sei como eram gostosos (e ainda são claro), pois eu também adorava morder seus dedinhos.Mas você queria exclusividade, achava graça quando eu mordiscava a sola do seu pé. Eu pensava que enquanto seus pés eram pequenininhos, você estaria ao meu lado para sempre, mas quando eles fossem grandes, eles iriam te levar para onde quisesse, talvez até para longe de mim. Mas hoje eu penso, que independente de onde os seus pés te levarem, você sempre irá retornar para a sua "mordedora de pés" n°1.








Em Janeiro tivemos nosso primeiro Pic nic em família. Estava um calor de matar e seu pai queria te levar no zoo para ver os bichinhos, já que você adorava falar au au (não, não tinha cachorro no zoo). Você teve seu primeiro contato com a grama, e digamos que não foi uma boa experiência. Você chorava e fazia cara de nojinho, quando mamãe queria tirar uma foto sua na paisagem verde. Você bebeu muita água, dormiu, comeu papinha da nestle (você ainda gostava), e depois ficou o tempo todo brincando com a gente.
Na hora de visitar os bichinhos, todos estavam dormindo, e você quase não viu nenhum deles, exceto as aves, mas você não se encantou muito por elas.
Você já falava mama e papa, e nos dava muito orgulho como sempre.


Fevereiro 2011

No comecinho de fevereiro, dia 7, sua gengivinha começou a inchar e sairam novos dentinhos: os incisivos centrais superiores. Você passava a maior parte do tempo mordendo a mãe, o dedo, ou o que estivesse em seu caminho (as vezes até a perna da mamãe).Você começou a ter cara de mocinho, e cada vez mais demonstrava sua personalidade forte, quando alguém negava alguma coisa a você.

No dia 28 de fevereiro você aprendeu a dar tchau. Seu tchau era engraçado: você virava  a mão ao contrário. Mas era lindo, e você dava tchau para tudo e todos.














Março 2011

Em março sua personalidade se mostrou de vez: você chorava sempre que alguém dizia a palavra não, e começava  a balanças a cabela e coçar os olhinhos. Por vezes fazia um bico tão lindo, que a mamãe babona aqui não resistia. Você começou a comer macarrão praticamente todos os dias, pois era seu prato preferido, e você ainda não se dava bem com o arroz. Gostava muito do angu e do feijão da vovó, mas a carne você não aceitava bem.
 Você também ficou mais "grudinho" com a  mamãe neste mês, talvez seja porque seu pai trabalhava muito, mas sempre que ele chegava você exigia a atenção dele.
Seus cachinhos ficaram bem mais evidentes, e eu sempre o chamava de meu anjo loiro (tá bom, as vezes eu chamava de cachinhos dourados também rsrs).
 Você viu o violão da mamãe e do papai pela primeira vez. E se encantou por ele, assim como na foto, você ficava de boca aberta, dedilhando as cordas, como quem já nasce com um talento nato para a coisa. Quando seu pai tocava você ficava prestando atenção em tudo. Mamãe acha que você será um guitarrista de mão cheia. Papai acha que você vai ser canhoto, pois é a mão esquerda que você mais usa, seja para pegar algo, dedilhar o violão, ou coçar o nariz. Só o futuro dirá.
No final de março, no dia 24 mais precisamente, você andou pra valer. Foram 3 passos firmes, que desencadearam aquela comemoração exagerada da mamãe, o que te assustou de início, mas depois te incentivou a andar cada vez mais longe sem o apoio das mãos.
Foi no mês de março que mamãe colocou na cabeça que iria te dar um irmãozinho. Mas como você sabe a cegonha demorou um pouquinho, e você pode aproveitar mais o título de filho único, meu primogênito que amo tanto.





Abril de 2011

Mês de abril foi um mês especial, aliás, é o mês mais especial desde que você nasceu! Você completou 1 aninho. Estava mais esperto ainda do que em todos os meses. Parece que foi ativado um botãozinho de esperteza em abril, pois você aprendeu muitas coisas novas. Passou a comer brocólis, é o seu legume favorito (até quando não sei rs), e também começou a comer e gostar de arroz, o que facilitou em muito a vida da mamãe, pois não precisava fazer sua comida separada.

 Você também disparou no andar, andava com mais confiança, e já começava a correr, aos gritos de: devagar filho.
Você andava com as mãozinhas levantadas, e mamãe achava isso uma gracinha, quer dizer, mamãe te acha inteiro uma gracinha. Você também ficou mais desobediente, mexendo onde não devia, e sempre que eu falava para não mexer você fazia uma carinha sapeca, e amolecia o coração da mamãe. Incrível como eu me tornei mole de uma hora para a outra. Sempre achei que seria uma mãe mandona, mas você é quem manda e desmanda no meu coração.
Em abril você passou a tomar banho no chuveiro, só que no colo, porque mamãe morria de medo de você escorregar no box. Seu pai adorava esse momento, e você também. Mamãe demorou a te levar pro chuveiro, pois morria de medo de cair água no seu ouvido ou olho, coisa de mãe superprotetora sabe? Eu sempre fui assim com você, e acho que continuarei sendo até você ter uns 30 anos. Eu sempre verei você como meu bebê.





Comemoramos seu 1° aninho em casa no dia 1° de abril. Mamãe ficou toda enrolada com os preparativos da festa, e ela teve que acontece uma mês depois, mas não tem importância, o importante foi comemorar este dia tão especial ao seu lado.














 Final de abril fizemos nosso primeiro book em família. Claro que a estrela era você, mas amamos registrar este momento para sempre.







Maio de 2011

No dia 15 de maio fizemos a sua festinha. O tema foi aviação, e você foi vestido de comandante. O comandante do meu coração!
Não tinha tema que combinasse melhor com você, pois toda vez que você via um avião, ficava super empolgado apontando para o céu.
Aviões são a sua segunda preferência, a primeira é carro lógico, que você ama.
Em maio você experimentou seu primeiro danodinho e também aprendeu a falar acabou, e virava as mãozinhas para enfatizar, coisa mais linda de mãe.

 Você começou a mandar beijo para todo mundo, e claro, encantava os corações por onde passava.
Passou a falar mais coisinhas e fazer mais gracinha. Já falava mamãe e papai claramente, e também au au, acabô e outras palavrinhas que a memória da mamãe não lembra. Que fase gostosa.
Você já reconhecia a foto da mamãe do papai no computador , e sempre que nos via apontava e falava: mamãe, papai.
Você também reconhecia sua própria foto, as vezes você chamava de neném, ou então colocava as mãozinhas no peito dizendo: eu, como quem diz: aquele bebê da foto sou eu.

 Como você era genioso meu filho. As vezes quando não queria dormir na cama, você simplesmente entrava embaixo do berço, colocava a fraldinha no chão e dormia por lá.
Cortava o coração da mamãe você preferir dormir no chão gelado, do que aconchegado comigo, mas isso era só quando mamãe brigava por você mexer no no-break do computador, ou desligar alguma coisa.
Você sempre teve uma relação amor e ódio com a escova de dentes, mas nesta fase você se amarrava em escovar os dentinhos. Queria segurar a escova o tempo todo, enquanto eu cantava a musiquinha dos backardigans, que era o seu desenho preferido.
Você também passou a tomar banho no chuveiro comigo, mas desta vez no estrado do box, e os banhos ficaram muito mais divertidos a dois.




Junho de 2011

 Junho foi um mês e tanto. Você completou 14 meses e ficou mais sapequinha ainda. Seus cachinhos cresceram bastante e se tornaram motivo de orgulho para  a mamãe, mas só para mim, pois você não curtia  muito os cachinhos teimosos que ficavam insistindo em entrar nos seus olhos. Você queria subir em tudo, e até tentava entrar dentro da gaveta. Você inclusive quebrou a gaveta da cômoda e mais uma porção de coisas. Mamãe te chamava de furacão. E você é de fato um furacão, pois arrebatou e mudou tudo em mim, desde o dia que você nasceu.
Aos 14 meses você também ganhou seu primeiro celular. Que precoce, meu primeiro celular foi com 18 anos, que eu mesma comprei trabalhando. Viu como você teve sorte? rs
Foi um amigo do papai que te deu, e você adorava colocar no ouvido e falava: alô?
Mas você conseguiu destruir seu celular em tempo recorde: uns 2 dias. Mas o amigo do papai de deu outro. Você era irresistível, ainda é.










Quando você inventava uma moda, fazia todos rirem. E foi assim quando você inventou de se enfiar no seu cesto de roupa. Como era engraçado ver você falando lá dentro.
Você tinha várias outras gracinhas, como se esconder atrás do batente da porta e fazer bu quando alguém aparecia, era um susto e tanto.
Aos 14 meses você já tirava sua sandália de velcro sozinho.



Julho de 2011


Em julho você já estava andando por tudo e correndo. Na rua dificilmente queria segurar a minha mão, sempre tão independente!
Você aumentou e muito seu vocabulário e aprendeu várias gracinhas.
Você colocava a mão na boca e imitava índio, coincidência ou não, você nasceu no dia do índio, e seu pai vivia falando que era por isso.
Você já chamava os cachorros na rua com a mãozinha e fazia: tsc tsc para eles.
Sempre que comia uma colher de comida fazia Hum, no maior estilo Ana Maria braga.
Já sabe praticamente o nome da maioria dos objetos, e embora não fale entende o que é a porta, lixeira, toalha, chinelos e tantos outros. Quando eu pedia para você trazer meu chinelo, você prontamente atendia. Uma graça que só vendo.
Foi com 15 meses que sairam seus primeiros molares.


Você também já apertava a mão das pessoas quando elas falavam: prazer em conhecer. Quer dizer, não a mão de qualquer um, já que você ainda estranhava e muito as pessoas que não conheciam, e chegava a chorar para a sua avó (mãe do papai) e avô (pai do papai).
Quando seu pai assoava o nariz, você imitava. E aprendeu sozinho a tirar meleca (écat), mas confesso que eu achava tão bonitinho e te repreendia rindo.
Você aprendeu a falar aguinha, cocó (galinha e passarinhos), também aprendeu a falar cocô e apontar para a fraldinha quando fazia, quer dizer, nem sempre tinha, as vezes era alarme falso. E a palavra cocô se tornou sua preferida. Você falava o tempo todo, até na rua, o que rendia uma vergonha para mim, pois as pessoas pensavam que você devia andar "cagado". Mas não importa quando se é criança, e para mim você sempre será minha criança.


Agosto de 2011

13 comentários:

Ju Silva disse...

Ano mais cheio de magia heim amiga!!
Como passa rápido, ele está cada dia mais lindo :)
Feliz 2012 para vocês, que Deus abençoe sua vida, seus planos e seus sonhos...
Beijinhos

Roberta Aquino disse...

Um ano de descobertas para eles e emoções pra gente né??! ... O Bryan está um fofo .. parabéns!!

Feliz ano novo pra vcs .. bjs !!

http://princesaluma.blogspot.com/

Mamãe Cláudia disse...

Esse ano foi um ano de muitas descobertas, né, amiga???
Foi o ano em que nossos bebês deixaram de ser tão bebês assim!!!
As fotos estão lindas...
Como crescem....
beijos

mandy chaves disse...

essa foi a retrospectiva mais babada q eu ja vi kkkkkkk ,mais eu entendo quem nao baba nesse menino lindo e tao esperto!!!

como eles crescem ne!!!

sabe q eu estava lendo sua retrospectiva e estava me lembrando das postagens suas q eu lia qdo ainda estava gravida, como essa do zoo e a desistencia dele de andar depois da comemoraçao da mamae kkkk foi muito bom lembrar!!

desejo a vcs muita paz,amor e felicidade q 2012 seja ainda melhor!!!

Deus abençoe!!

Thais disse...

que lindo... fui lendo e lembrando tudo do paul também. esses meninos dão um banho na gente em todos os sentidos... e nós ficamos só paparicando, rs.

Andrea disse...

adorei sua retrospectiva!!! você é daquelas mães que eu admiro: curte o seu filho, entende cada fase, cada desenvolvimento, ama-o por completo, nos defeitos e nas perfeições. Parabéns. Admiro seu blog.
feliz 2012.
andrea , mamãe da manu e da mari
manias de ser mãe.blogspot

Dayane disse...

Jacque, vim desejar um ano novo cheio de alegria e travessuras. Como o Bryan é lindo, é tão legal ver esse desenvolvimento, como são espertos e sapecas.
Beijos grande pra vocês!

Anônimo disse...

Oi Jacque, feliz 2012...
Seu post não está aparecendo completo...
É uma pena que esteja postando pouco, adoro seus posts.
Bjs
Ju

Maria Oliveira disse...

Oi,vim conhecer seu Blog,amei e já estou super seguindo,parabêns por seu cantinho e muito sucesso aqui!

Te convido para conhecer meu Blog e se gostar e puder seguir,será muito bem vinda,sinta-se em casa!

Ah,tem sorteio rolando no Blog,participa?

Beijinhos no core!

http://umamulherbemvestida.blogspot.com

Mamãe apaixonada pelo seu filho! disse...

OOie,emocionei muito de ver seu relato,historia do seu filho quando nasceu,a maternidade!Passei pela mesma situação que a sua,nossa tudo isso que voce falou eu senti,parecia eu falando,so que sofri mais ainda que você,passei por mais dificuldades,e ainda nao consegui amamentar!E hoje sofro muito por ter rejeitado meu filho,mesmo sem querer!!!Hje e para sempre ele é a melhor coisa que fiz,fico grudada com ele 24 hs,tenho ciúmes dele,e tento suprir o que senti quando eele nasceu com muito amor,carinho,proteção!Mas infelismente,tem pessoas que me julgam pelo que senti e falei quando estava com depressão,eles nao sabiam na verdade o quanto eu sofri,e que não queria sentir tudo aquilo que senti,que vinha nao sei de onde,hje eles jogam na minha cara que fui um monstro,dói muito,so quem ja passou por uma depressão pós parto para saber a dor,ou seja a pior dor do mundo!Queria falar mais com vc,se possivel!

Futura mãmã disse...

Eu queria pedir para que fosse no meu blog responder a pergunta de novo mas desta vez reconstruida...
Porque houve muitas (quase todas) que nao entenderam minha pergunta!
Obrigadooo

Natália disse...

QUE FOFO. QUE BOM QUE ELE TÁ ENCARANDO BEM, ASSIM FICA MTO MAIS FÁCIL... BJUS

Anônimo disse...

Que família mais linda! !! Parabéns.

Contando...

 

Blog Template by BloggerCandy.com