23 de abril de 2013

Desfralde ou a hora do pesadelo



Daí que toda mãe sonha que o filho desfralde o mais cedo possível, e não é para poder contar vantagem do tipo: - meu filho desfraldou com menos de 2 anos, ou para poder dizer que seu filho é mais esperto, e sim pela questão econômica. Porque vamos combinar: os pacotes de fralda costumam diminuir a quantidade em relação ao tamanho, e aumentar o preço. No caso do Bryan, as fraldas XXG só vem com 16, o que dura aproximadamente 2 dias, e custa cerca de R$ 20 dilmas. Faça as contas e você irá descobrir que estou a beira da falência rs ainda mais comprando fralda para dois.
A questão é que eu pretendia iniciar o desfralde assim que engravidei (se você está grávida, ou pretende ficar, comece o quanto antes a trabalhar essa questão). Bryan tinha apenas 2 anos e 1 mês quando descobri a gravidez, e no início eu fiquei bem animada. Minha sogra deu um troninho (que ele conseguiu destruir meses depois), e eu comecei a tirar a fraldinha dele pela manhã. Ele andava de cuequinha pelo quintal (tão cute), e pedia para ir no troninho. De 5 pedidas, apenas 1 vez era para fazer xixi. E eu descobri que o desfralde é um verdadeiro teste de paciência (no qual fui seriamente reprovada com louvor mais de uma vez). No início tudo é novidade. Ele queria a minha aprovação, e quando pedia para ir ao troninho, eu batia palmas feito uma foca louca, e dava gritinhos animadores para incentivar. Se fazia xixi eu comemorava como se fosse praticamente um título mundial do meu Vascão, e ele ficava todo feliz. Porém, nem tudo são flores. Às vezes tinha alguns escapes, e eu ficava fula da vida. Decidi esperar um pouco mais, respeitar o tempo dele.
E ele voltou a pedir para ir no banheiro por volta dos 2 anos e meio. Comemorei, afinal, era ele quem mostrava sinais de que queria tirar a fralda, e daquela vez pensei que seria um sucesso. Isso até surgir xixi no sofá (quase enfartei), e um n°2 na cueca. A gravidez avançou, a barriga foi ficando grande, e a paciência esgotando.

Agora com quase 3 anos, pensei que finalmente ele daria os sinais que quer desfraldar, mas após o nascimento da Bebela a coisa regrediu. Tiveram dois dias que deixei ele de cuequinha pela manhã, mas ele testava minha paciência falando que queria fazer xixi no troninho, e depois de não fazer, ele falava: - Coloca a fralda mamãe. E tudo voltava a estaca zero. Foi assim durante dois dias. Também tem o agravante da minha falta de tempo para levá-lo ao banheiro. Como estou sem um troninho, estava levando direto no vaso, e ficava segurando-o pelos braços. Acontece que as vezes que ele pedia para ir ao banheiro, a Bebela estava mamando, e eu não podia simplesmente deixá-la no carrinho para atendê-lo. Desse modo o desfralde virou a hora do pesadelo.
Porém, o desfralde se tornou também necessidade pública. Vocês não imaginam o quanto um cocô de uma criança de 3 anos pode ser fedorento e mortal. Eu o troco querendo chorar. Não consigo tampar o nariz e trocar ao mesmo tempo, então eu prendo a respiração bem fundo e vou na fé. Está cada vez mais difícil conviver com o cheiro, e pior que o Sr. Pig já dormiu duas vezes todo, desculpe o palavreado: cagado, porque não informou a pobre mãe de que tinha feito cocô. Como ele conseguiu? Não sei, só sei que me sinto frustrada, completamente mãe de merda por ainda não ter tido sucesso no desfralde.
Quero respeitar o tempo dele, pois sei que tem crianças que demoram mais, ainda mais com a chegada de um irmãozinho, mas tá brabo. Não sei aonde estou errado, se é que estou errando, só sei que tanto pelo lado econômico, como pelo bem estar do meu nariz, PRECISO descobrir um método infalível para desfraldá-lo.
Alguma dica infalível, método cabalístico, reza braba ou conselho para uma pobre mãe desesperada?

9 comentários:

Mamãe Nádia disse...

Amiga, para algumas crianças esse processo é bem mais demorado. Tem que esperar.
Beijos!

www.asosmamaenadia.com

Lu Navarro disse...

Miga, eu ja comentei como Rafa desfraldou e comecou a usar penico la no face. Ela fez mto cedo, mas nao pq ela quizesse, a coitada sofria com cocô duro q dava pena,e a fralda nao deixava a materia sair,dai comecamos acolocar no penico e a coisa melhorou mto. Mas ela tbm nao queria sentar no comeco, como te falei foi brincando, cantando, ela levantava, eu voltava a sentar em outra hora do dia.
Vc nao tem alguma forma de convencelo, tipo....se vc fizer COCO E XIXI no peniquinho, MAMAE TE EMPRESTA O "GANGAN", ai amiga, me perdoe, sei q vc nao empresta pra ele, mas sei là, vc sabe as coisas q ele gosta, entao tente por ai!
E compre outro penico, senao...sim ou sim, ele vai continuar querendo ir no vaso, e se vc pretende amamentar por mais tempo, ele vai continuar usando fraldas por mais tempo pq vc consequentemente nao poderà leva-lo...
Compre o penico, ele q escolha, dê a ele essa posibilidade, de escolher qual ele mais gosta, e depois tente a chantagem (afff, desculpe eu de novo, srsrs, mas nao me ocorre nada mais)
Vc sofrendo com o desfralde, e eu, nao quero q Rafa durma mais na minha cama!!
Ainda vou fazer um post sobre isso, tal vez o proximo, pq tà brabo amiga!

Bia disse...

Bah, quando li isso pensei: ainda bem que acabou :) Aqui não foi facil, ele estava com mania de fazer cocô na calça, isso durou uns 6 meses, mas não voltei atrás. Até que um dia eu resolvi dar um adesivo para cada vez que ele fizesse cocô no vaso (já estava desesperada)... e deu certo! nunca mais! agora ele corre para fazer xixi sozinho, e quando é cocô ele me chama e corremos juntos, ele també quebrou o tal troninho (porcaria isso né) e faz no vaso normal. Tenho uma dica: logo que ele acordar, dá o mamázinho da Bebela, deixa ela bem entretida e leva ele ao banheiro, dá um livrinho para ler e não fica olhando (sério, não olha, faz que está se arrumando no espelho, qualquer coisa). Por ser no começo da manhã, eles tendem a ter vontade de fazer cocô, pelo reflexo do sistema gástrico. Se ele nao fizer, faz pouco caso, pergunta, se ele disser nao tasca um beijinho e manda brincar, simples assim. Faz isso todo santo dia (criar rotina), pode ser que demore, mas vai dar certo, ele vai entender como rotina e vai fazer. (aliás, esse método é indicado até para adultos constipados). Boa sorte
O importante é não dar importância e nunca voltar atrás. Ele está saindo da zona de conforto, não se incomoda com a fralda, talvez a hora que vc troca ele seja uma hora em que ele te obriga a focar a atenção, sabe-se lá o que passa na cabeça desses gurizitos né:) beijos

Dayane disse...

Jacque! Nao sei porque suas atualizações não estão aparecendo pra mim e eu ja tava querendo saber que fim você havia levado e olha só... não levou fim nenhum... kkkk
Menina, eu bem sei como o cocô de criança de 3 anos é fedorento... mesma coisa aqui. Horror, horror. Fiz todo um processo pra ensinar Leah a usar o penico, ela pelo menos passou a reconhecer quando esta fazendo, porque antes, nem isso. Depois de uns dias de treino a coisa foi ficando esquecida por aqui. Mas as vezes ela vai sozinha e faz. O que me faz acreditar que um dia ela resolva fazer sempre lá, mas acho que vai demorar muuuito ainda. To criando coragem e querendo planejar um jeito pra ver se dou uma ajuda. Também quero uma reza braba, seria bem mais fácil.. heheh

buldukinhos3 disse...

A dica que dou, deixe ele em contato com outras criancas, de preferencia um menino, assim ele vendo sera mais facil de assimilar, que ele tambem é grande e tem que usar o banheiro, fale que ele tem 3 anos é um menino moco e que a Bebela é um bebe, aqui em casa funcionou bem, o meu filho do meio vendo o de 5 anos usar foi no exemplo dele, e sempre fala fralda nene, eu grande kkkkkkk e foi com 2 anos e 2 meses meu filho ficou totalmente desfraldado, ate para dormir, outra dica, deixa ele totalmente sem cueca, assim ele ve da onde sai o xixi, e tem que deixar o penico na sala, deixa la por um tempo, embaixo poe uns jornais em caso de acidente.. e sempre perguntar pra ele, e levar ele ate o penico, sei que é dificil, meu bebe era recem nascido quando comecei a desfraldar o meu menino de 2 anos, mas tem q ter muita paciencia, sem ela nao tem resultado, eu consegui assim com os 2, deixando eles sem cueca circulando pela sala, e o penico depois vc migra para o banheiro e nao muito distante pode colocar um adaptador do banheiro vc vera dara certo! Muita paciencia que com 1 mes as coisas estarao melhores, depende de vc e dele! Boa sorte com o desfralde! Bruna

Geovanna disse...

Ai flor.... é exatamente o q tenho sentido e passado aqui... Heloísa tbm prestes a completar 3 anos e ainda usando fraldas... E creio em ti, é FEDORENTO pra caramba...kkk... é a hora do desespero quando ela faz o N°2, prq, nem precisa avisar q fez, a gente sente a podridão...kkkk... E foi assim aqui tbm, com a segunda gravidez, ela tava ate avisando já, quando fazia e tal, depois q a Hadassa nasceu, regrediu geral... nao fala nada, se nao ficar olhando se a fralda ta cheia, nem isso ela fala, vaza, molha tudo e ela nao fala nada... ate pra trocar a fralda tem dias q ela chora e reclaman prq nao quer nem q troque... To criando coragem e buscando forças e paciencia pra tentar recomeçar o processo... mais confesso q me desespero so de pensar...rsr... se descobrir aí me avisa viu! BjaO!

Nova Versatil Biscuit disse...

Ola mamães

Deixar nossos baby lindos requer atenção para escolher bons produtos

Por isso deixo a dica para ajudar na hora de comprar as roupas dos bebes

São roupas importadas de marcas famosas, principalmente a Carters, Polo, Gap e outras nacionais

Visite o site

www.novaversatil.com

Os preços são super pequenos

Paty Gocalita disse...

A minha Alice ainda tem 8 meses, mas eu já penso sobre essa questão, realmente fraldas é muito caro.. muito mesmo!
Eu já tenho até um troninho pra quando for começar a ensinar a Alice!

Anônimo disse...

eu acho uma vergonha uma criança de quase quatro anos e ainda fazer na fralda..isso é erro e vem de casa com certeza...

lu gasthal

Contando...

 

Blog Template by BloggerCandy.com