20 de novembro de 2010

Vida de mãe solteira

Nas semanas que fico sem o Bruno (as vezes ele não vem no final de semana ficando assim 14 dias longe) levo uma vida de mãe solteira, e vou lhe dizer que: "né mole não!" rsrs
E vivo falando pro Bruno quando ele chega: ai, acabou minha vida de mãe solteira...rsrs mas a única coisa boa é ter a cama toda pra mim, hehehehe, pois sou muito espaçosa e Bruno também, então já viu (preciso de uma king size NOW)

Primeiro que quando Bruno não está em casa não tem com quem deixar o Bryan para que eu consiga realizar algumas tarefas do dia, que antes pareciam banais, mas sozinha elas se tornam uma missão impossivel: varrer a casa, passar pano em todos os cômodos, lavar o banheiro por mais de 30 minutos (sabe AQUELA limpeza?) e até lavar as roupinhas do pitoco.
Quando estou sozinha tenho sempre que deixar o Bryan na cadeirinha (lugar esse que não lhe tem sido muito quisto nos últimos dias) para ir fazer o leite, e se ele estiver com fome fica aos berros e muito inquieto. As vezes eu até evito deixá-lo, e carrego ele pra cozinha e faço o leitinho com ele no colo (geralmente a mamadeira já fica com a água filtrada, fria porque ele não toma nada quente nem morno, e o leite fica dividido no potinho com a medida exata, jamais levo pra perto do fogão)

Depois de mamar, como não tem papai para fazê-lo arrotar eu  coloco e depois deixo no berço para eu lavar a mamadeira (tenho duas mamadeiras,mas não gosto de deixar suja na pia pois fica com o cheiro insuportável) e pense se eu tenho tempo para esterilizar algo?? No.
Não esterilizo as mamadeiras todo santo dia faz tempo, as vezes consigo uma vez só no dia, e quando não consigo só nos fins de semana quando Bruno está em casa, porque eu morro de medo de esquecer a panela no fogo (coisa que já fiz várias vezes).
E quando algum brinquedo ou chupeta cai no chão eu raramente lavo prontofalei

Ir ao banheiro é luxo. Eu espero o máximo que dá e só tomo banho depois das 1:00 sempre.
Almoçar eu só consigo quando minha mãe fica com o Bryan, e mesmo assim eu engulo a comida para ela também comer, pois não acho justo, mas ela prefere comer comida fria, e eu já gosto de quentona pelando a boca.
Depois na hora da sonequinha da tarde é que eu consigo entrar na net, blogar, ver os e-mails, e é o tempo em que eu deveria me dedicar aos estudos mas ultimamente não dá.
As vezes durmo, as vezes não, pois como tenho insônia e decidi não tomar mais remédio (pois eles me deixavam meio grogue pela manhã e isso era terible) se eu dormir, com certeza a noite não terei sono e só vou conseguir dormir depois das 4:00, porém eu arrisco de vez em quando e me entrego ao soninho.

Depois é hora do mamá da tarde, ou a papinha de frutas, e ai que fica uma loucura, pois eu sempre tenho que lavar os babadores na hora para não manchar, deixo Bryan no berço, e quando chego o berço está de pernas pro ar, literalmente, ele consegue tirar tudo, e já aprendeu a soltar o nó do kit berço, então eu preciso caprichar no nó, e fazer tipo daqueles escoteiros senão ele solta tudinho!!
Depois ele dorme denovo e aí que eu consigo arrumar um tempinho pra lanchar(por volta das 18:00) e as 20:00 dou banho com a ajuda da minha mãe e esvazio logo a banheira,porque senão dia seguinte fico com a maior preguiça.
Se Bryan dorme a noite depois do banho,este é o tempinho que encontro para arrumar a casa, colocar roupa de molho e comer alguma besteira, depois fico brincando com ele, e como agora ele está impossivel,cheio de manha e não posso olhar pro lado que ele chora, tenho que fica grudadinha nele (adoro né) até a hora em que os olhinhos vão fechando e ele dorme e depois eu também!

Na hora de sair é outro problema, talvez pela falta de costume de ficar com ele no colo (é rarissimo eu pegá-lo no colo, só mesmo para ir com ele a algum lugar e para ninar quando ele não pega no sono sozinho) sinto muitas dores no pulso e costas quando faço uma pequena caminhada como ir ao mercado,que é praticamente na esquina, então sempre vou de carrinho,mas como as ruas são todas esburacadas e muitas calçadas são para os carros ao invés de pedestres, tenho a maior dificuldade em ficar toda hora levantando carrinho para passar em alguma calçada alta.E quando vou ao pediatra (tem que ir de ônibus) minha mãe sempre vai comigo,porque confesso que se eu ficar 5 min.com Bryan no colo já tô mortinha...rsrs (imagina quando ele tiver 11 meses??)

Confesso que mesmo tendo a cama só pra mim,prefiro mil vezes dividi-la com o Bruno,que quando está em casa me ajuda pra caramba, faz as vezes do lixeiro (é normal eu sozinha acumular kilos de lixo, papel na lixeira da sala), esvazia a banheira, lava as mamadeiras,faz o leitinho, coloca o Bryan para arrotar, olha o Bryan enquanto eu realizo outras tarefas, troca uma fralda (raramente mais troca),e ainda traz minha comidinha na mão!! Adoro esses mimos e ficar sozinha em casa é o Ó, principalmente na hora de dormir,sinto a maior falta de conversar com alguém de madrugada, mas as coisas ficam mais fáceis com o Bryan aqui,pois se fosse eu sozinha confesso que já teria pirado!!

Bjos

20 comentários:

Dina disse...

Amiga vc é guerreira, eu não dou conta de ficar sozinha com o Fe mais que dois dias, eu piroooo! Quando Ivan viaja sempre alguém fica cmgo, antes eram as amigas, mas agora prefiro minha mãe ou sogra - pessoas que saibam cuidar do pequeno heheh

Camila disse...

Ai ai eu cansei só de ler! hehe
Meu marido tbm me ajuda de montão!

Aline disse...

É... ser mãe é uma benção, mas a vida não é mole não! Que correria hein!

Olha, não se sinta mal pela questão de esterelização ou limpeza dos brinquedos. Já percebi que a maioria das mães seguem mais a risca a recomendação enquanto os seus babys são pequenininhos - 1,2,3 até uns 4 meses, aí aos poucos começam a relaxar.

Aqui em casa tb é mais ou menos assim. Angelina agoa com 6 meses, lavo bem as mamadeiras com detergente neutro e é isso. Chupeta se cai no chão em casa, lavo em água corrente, se cai no chão na rua, aí eu fervo. Brinquedos se cai na rua, mesma coisa, se é dentro de casa, raramente tenho lavado ou vou ficar o tempo todo só fazendo isso, porque ela atira brinquedos no chão a toda hora, então chega a ser impossível!

Bjos

Bom domingo

Cris Fagá disse...

ha ha ha... loucura total...
Sei bem como é..
Aqui em casa nao é là muito diferente nao.. Apesar do papai estar por perto... mas, tenho muitas coisas para fazer de dia e o Renzo tambem nao deixa.... rs..
Mas vale muiiiito a pena, né?

Néinha Figueiredo. disse...

Oi Jaque!

Obrigada pela visita.
Eu estava com saudades de passar por aqui para paquerar o Bryan rs,rs...
O Yan esta com ciumes kkk.

O Bryan esta lindo, com carinha de homenzinho já né?

Bjs nossos!

EvELLyN disse...

Nossa Jacq como é Dificil ehhh!?
Mais vale a pena né?

Vc é uma guerreira.

Bjos

Suzana Lira disse...

Noosa deve ser muito ruim mesmo néh, além da saudade mesmo e dafalta que a companhia faz, ainda a falta durante os afazeres diários né

Parabéns por ainda assim ser uma ótima mãe vioh


bjo

Máh disse...

Olá!
Só quem fica sem maridinho em casa por muito tempo sabe como os danados fazem falta não é?!
Para mim a falta é maior pelas conversas afinal somos MUITO amigos...
Fico imaginando como deve ser cansativo o seu dia viu!
Mas vendo as fotos do Branco de Neve vê-se como vc é uma ótima mãe!
Beijos

Débora disse...

Ahhh amiga, mas eu só esterilizei as mamadeiras uma vez, quando abri. Principalmente pq uso mamadeiras da Nuk que não são BPA free (o $ tava curto pra comprar pela internet e agora ele já tá bem adaptado) e perguntei pra pediatra e ela disse que é besteira ficar esterilizando toda hora, que um bom sabão neutro, água e uma lavagem eficiente estão ótimos!

E os maridos fazem falta mesmo né, ainda se ele te ajuda.

Beijos!

Nath disse...

Mana essa foto que vc colocou de 7 meses aqui do lado do Bryan está linda. Muito fotogênico esse meu sobrinho. To acompanhando todos os posts...as vezes num comento pq não passei ainda por determinadas situações, então eh soh o que penso a respeito e que não vem ao caso. Xêru grande pra ti e pro branco de neve.

RENATA disse...

Oi Jacqueline!!!
Esses bebês tomaram conta das nossas vidas mesmo, né?
Tb me sinto assim, sozinha, tendo que fazer tudo! Meu marido é bombeiro e não é todo dia que volta para casa e quando está aqui está sempre cansado e sobra tudo para euzinha....rs!
Boa semana para vcs!!!
Beijinhossssssssss

Amanda disse...

Jacques me arrepiei aqui... rsrs ... eu moro com a minha mãe que me ajuda pra caramba! e até o fim deste mes eu vou me mudar para a minha casa e lá serei eu e a Mariana! ai meu Deus... eu me vi em cada linha do seu post... jesuis...

(Mamãe) ~Pinel disse...

Nem me fale!
Eu bem sinto na pele essa de vida de 'mãe solteira', mesmo não sendo mãe solteira! hehehe

A gente raramente tem tempo para as coisas, e eu pelo menos tenho minha mãe aqui em casa, à noite. Imagina você ai sozinha com o Bryan então?!

Ainda bem que ele já está maiorzinho, mas nem por isso deixa de ser 'missão (quase) impossível" né?

Beijo!!!

Beca Bricio - Mulher que pariu disse...

Oiiiiiii
tbm sou mãe solteira as vezes!!
Maridex trabalha em uma siderúrgica e rala pacas! Muitas vezes ele está trabalhando nos finais de semana. É froid, te entendo perfeitamente. Durante o dia o Gui fica todo serelepe engatinhando a casa toda!! E eu atrás. To cheia de roupa pra lavar!! E como vc mesma disse, lavar o banheiro por mais de 30 minutos ... aff, nem sei o que é isso!!

um bjãooooooooooooo

Nathália disse...

Adorei seu blog!!
Sou casada e me sinto mãe solteira!! Aff... faço tudo sozinha Ele num acorda na madruga pq tem que trabalhar no dia seguinte, e qnd não trabalha, não acorda da mesma forma! rsrs....

Bjks e VOLTO SEMPRE ;)
http://maefilhos.blogspot.com

Jéssica Araújo - Gravidíssima disse...

Sabe que tbm tava pensando nisso ontem. Antes o mozao nao fazia nada em casa, no maximo lavava uma louça, agora ele me ajuda em tudo, vou sentir muita falta quando a Laura nascer, pois vai ser o mes que ele vai voltar pra faculdade...
Buááá, beijooo

Carol disse...

Terrível né?!
Eu também o-deio ficar sozinha com o bebê!
Porque é até uma antítese, mas quando estamos só nós dois, é que eu menos dou atenção à ele, né?
Já imaginou mamãe que é solteira mesmo que tristeza que deve ser :(

Beijo amiga

Cheilinha disse...

Ser mãe naum é mole naum, por isso tô voltando pra casa da minha mãe, como fico o dia todo sozinha e naum tem ninguém pra me ajudar com o Lucas, naum tô dando conta de nada mais, nem de mim msm.
Já na minha mãe vou conseguir fazer as coisas, tomar um banho digno, comer sem pressa, pq vai ter sempre alguém pra me ajudar.
Lindo a photopostagem.
Bjs.

ღ Mami Keka ღ Hard Rock Mami disse...

hahaha além de morrer de rir do bryan deixando o berço um pandemônio vi que faço tudo isso com marido em casa, agora que ele começou a me ajudar! E tbem não esterilizo tudo não, só de fim de semana e olhe lá, de madrugada jogo só água na mamadeira porque normalmente tô um zumbi pra dar de mamar quando ele insiste em mamar às 3 da matina! Vc é uma lutadora e vencedora viu? Bryan está sendo super bem criado por essa mãezona linda! eeeee consegui comentar no seu bloggg!

Thais Bessa disse...

Ih amiga, bem vinda à minha vida! De dia das 8 às 19 não tem ninguém pra me ajudar em nada, nem pra eu almoçar. Teve dias que o Ben viajou a trabalho e eu fiquei 2 dias sem tomar banho, confesso, rs.

Mas eu faço assim: quando ela dorme, tento fazer as coisas da casa (as que não fazem muuuuito barulho), já deixo comida pra mim pronta, só pra esquentar. Tomo banho 20 minutos depois que ela dorme, porque aí sei que já dormiu firme, e ainda vai demorar pelo menos um pouco a acordar. Outra coisa é comprar uns lanches rápidos de comer, tipo barra de cereal.

Agora que ele já está com 7 meses, por que vc não começa a dar finger food (não sei traduzir, comida pra ele comer segurando sozinho)? Biscoito maria/maizena, pedaçod e fruta... Assim vc pode colocá-lo no cadeirão na porta da cozinha e lavar as mamadeiras, a louça, enquanto ele come...

Enfim, ideias para facilitar a vida de mãe solteira, rs.

Bjos

Contando...

 

Blog Template by BloggerCandy.com