13 de outubro de 2011

O medo da segunda viagem

E eu sabia que uma hora o medo ia chegar, e essa hora chegou. Sabe quando você está tão próxima de conseguir algo que você não tem certeza que quer? eu me sinto assim em relação a segunda gravidez. Não que eu não queira ter outro filho, pois eu quero muito ter mais 2 filhos. O meu medo é que essa não seja a hora certa (se é que existe uma hora certa pra isso).
Quando via as outras mães falando que queriam esperar que o filho mais velho fosse um tanto independente, para tentar o segundo, eu não compartilhava da opinião, embora saiba que a adaptação com 2 bebês de idades próximas, seja mais difícil do que com bebês em idades distintas. Um exemplo: se eu for esperar o Bryan ter uns 3, 4 anos de idade para engravidar do irmãozinho(a), eu vou poder contar com o Bryan estar estudando, assim eu ficaria com a tarde livre para cuidar somente do bebê.E não é só a escola, envolve muita coisa, como ter que dividir a atenção entre dois filhos, o Bryan não usar mais fralda, o Bryan se vestir sozinho, falar tudo, saber pedir o que quer, entre tantas outras coisas.

O Bryan está na fase grudenta.Ele não me deixa nem digitar (post só quando ele dorme).Ele senta no meu colo, e quando vou mexer no mousse ele agarra meu braço e coloca na sua cintura. Tudo para que ele saiba que eu sou só dele.Eu acho tão lindo esse grude todo comigo, e tenho medo dele se sentir "abandonado" quando eu tiver grávida e ter que negar muitas coisas , entre elas o colo.
Aliado ao fator da dependência do Bryan, eu o tenho sentido muito carente. Tem dias que ele nem quer brincar com os brinquedos (o carro que comprei está estacionado ao lado do berço), ele só quer que eu sente no chão, para ele sentar no meu colo e receber cafuné. Sabe aquele ditado que as namoradas usam quando o namorado liga muito pra mãe?: "você vive agarrado na barra da saia da mãe", é assim que Bryan tem ficado...rs
E sei que esse grude todo é devido a falta do pai.Ele sente muito, eu também sinto. Tem dias que eu sento no chão, começo a chorar de saudade e quem vem enxugar minhas lágrimas, como se dissesse: não fica assim mamãe? ele mesmo, o Bryan.
A figura paterna faz muita falta, mesmo que ele veja o pai uma ou duas vezes na semana. E este é mais um dos motivos que me faz ter medo de engravidar novamente: meu esposo estar longe.

Mas é só um medo bobo, sei que quando ver as duas listrinhas, meu coração irá se sentir pronto.
Esse mes não precisei de remédio para fazer a miss red descer, depois de 49 (ou seriam 44? não lembro direito) ela deu as caras.Ainda bem que não gastei meu rico dinheirinho fazendo teste.
Por enquanto não voltarei a tomar o AC, pois quero que meu ciclo regule sozinho.Mas se até janeiro nada acontecer, vou voltar a tomar e adiar por uns meses o projeto baby #2, só até saber pra onde o marido irá quando a obra na outra cidade acabar.

Bjos

27 comentários:

Michely Avanti disse...

Nossa Jaque, esse post foi pra mim amiga! E o pior é que acho que algu a coisa já aconteceu (se é que me entende sabe?) e toh no maior medo!!!
Bjos.

Angi disse...

Jacque,,
nossa, eu no seu lugar estaria assim.
tenho muita vontade de ter 2 filhos,e sei que hora certa é para poucas pessoas.
és guerreira,amiga,desejo que seus sonhos se realizem na hora que Deus quiser...
imagino o Bryan todo grude em você, se você sente a falta do marido, imagina ele a falta do pai... tenta ser forte!
beijos queridona

- Anine Pinheiro - disse...

Jacque, te entendo... fiquei assim qdo tentava engravidar do Guilherminho. E assim q vi o positivo bateu maior medão.Aí esses dias com esse lance da troca de remedios, bateu outro medão de engravidar.Deve ser normal, né? rsrs
Eu já resolvi com maridón, vou esperar Guilherminho fazer 2 anos e aí tentar o irmãozinho e aí colocá-lo na creche meio período. Acho 4 anos muito tempo tb. Mas por enquanto não dá pra arriscar outro ainda.rs

Imagino como deve ser ruim ficar longe do marido! Força e tdb!
Beijos

- Anine Pinheiro - disse...

ah sobre o salão da igreja. Onde foi o do Guilherminho era mto ruiizinho tb. Perecebeu q o chão nem piso tinha? Pois é! foi a unica coisa q não consegui arrumar, pq as paredes, tampamos tudo com tecidos e na frente rebaixamos o teto. Mto mais em conta q alugar um salão!

Beijos

* Rê * disse...

sentir isso è normal!
eu ja pensei mtas veses antes de decidi ter outro..atè esse eu pensava se realmente era isso que queria..è uma coisa delicada entao,melhor pensar bem!
Um beijao

Renata disse...

Sabe que isso é uma coisa que eu nunca tive duvidas, sempre quis 2 filhos de idades próximas, em nenhum momento questionei isso e assim fiz, meus dois tem 1 ano e 9 meses de diferença e não me arrependo. Sempre quis que os dois crescessem juntos, independente do trabalho que eu teria, e está sendo ótimo. E por mais independente que seja, filho sempre vai dar trabalho... levar ao banheiro, ficar esperando e limpar depois dá até mais trabalho do que trocar fralda, rs... (aliás meu proximo post vai ser sobre o desfralde da Bia!)
Beijos e boa sorte qualquer que seja a decisão ou o destino :)

Meisy disse...

"Sabe quando você está tão próxima de conseguir algo que você não tem certeza que quer?" copiei exatamente sua frase pq estou me sentindo exatamente assim. Não sei mais se quero engravidar agora! É que estou me sentindo tão bem, num ótimo momento no trabalho, querendo fazer tanta coisa! Sei lá, acho que se eu não engravidar esse mês, vou voltar com o AC..

Mamãe Cláudia disse...

Ai amiga...
Isso é tão difícil... e pessoal!!!
O bom é pensar no que realmente podemos fazer...
Depois, a gente se ajeita... risos...
bjos...

Natália disse...

DEVE MESMO SER DIFICIL TER O PAPAI E MARIDO LONGE. NEM SERIA O QUE SERIA DE MIM LONGE DO MEU MARIDO, ELE ME AJUDA TANTO... BJUS

Patricia Charleaux disse...

amiga o medo existe sempre , passo por isso também ,a vontade de ser mãe novamente e o medo de td.Mas olha o João está com 3 anos é bem independente e também sinto medo de ele se sentir regeitado e de eu não ter mais tempo para ele e o tempo vai passando eu já tentei varias vezes outro baby e acabo voltando e mudando de idéia. Vamos colocar nas mãos de Deus, ele sabe o melhor pra nós. Cada dia que passa me identifico mais com vc. Por enquanto vá curtindo o Bryan lindo.!Brinca bastante com ele, isso é muito importante pra vcs 2!Bjs

mandy chaves disse...

nossa tbm fiquei assim no começo mais logo passou, mais eu acho q quanto mais velho mais ciumentos eles ficam., o Henrique nasceu o Dudu tinha 2 anos e 10 meses e eu consigo conciliar tudo aqui,o Dudu tbm é muito grudado comigo mais ele ama o irmao tbm entao da pra dar carinho nos 2...as vezes eles querem mamae ao mesmo tempo dai eu deito na cama com os 2 e alem alem do carinho da mamae eles trocam carinho entre eles e ficam cada vez mais proximos...

mais tenho uma ma noticia pra vc, essa sensaçao de abandonar o primogenito só passa qdo o bebe nasce e vc ve q da pra dar amor pros 2...

respondendo a pergunta q vc me fez, eu mando cortar os cachos do dudu na altura da sombrancelha, dai nao pega nos olhos, muitas vezes eu mesma corto só a franjinha pra nao pegar no olho...

bjosss

Luly disse...

amiga, amanha sem falta comento, pois vou escrever um trem e ta todo mundo dormindo aqui, Rafinha ao lado e esse teclado fazmaior barulhooo, rs.
bjs.
mas compartilho com vc do medo.
e varias outras coisinhas,
chauu!

Thais Bessa disse...

Ainda não me bateu a vontade do segundo, mas no Ben já. Mas mesmo assim, embora ele queira muito, não é para agora. Eu sei que eu vou acabar tendo o segundo, mas concordamos que será com a diferença de idade de 3 anos e meio a 4. O primeiro motivo é o do seu primeiro parágrafo, a Bebella ser mais independente, isso ajuda e eu acho que ela entende melhor. Não é regra, mas eu li muitas pesquisas a respeito e a maioria de casos de irmãos com muita rivalidade e brigas na infância são de diferença de 2 anos ou menos. Creio que é justamente pelo mais velho não entender bem a situação e se sentir abandonado e ressentir o irmão. O segundo motivo é que eu não quero interromper minha carreira tão rapidamente. E o último financeiro. A gente vive bem, mas a gente quer poder dar uma estrutura boa pros 2, boa creche, escola particular, economizar pra faculdade e mestrado deles, viajar, ter uma boa aposentadoria... Vixe tanta coisa, que pra gente não dá pra ter por agora ou ter 3 filhos. Vão ser 2 e pronto.

Mas vocês querem ter agora, acho que um pouco do medo é fruto da ansiedade. Mas o melhor é conversar com o Bruno e decidirem juntos. Talvez quando ele estiver trabalhando no Rio seja melhor mesmo.

Bjos e boa sorte

Ju Silva disse...

Amiga, tudo na hora certa vai ver. Imagina você gravidinha, tendo as indisposições do início da gestação longe do maridão e com o Brian grudadinho em você? Ia ser barra né...
Jack é o que eu sempre falo para as meninas, tudo no tempo de Deus se ele decidir que mês que vem será o seu mês, ninguém poderá impedir rs...

Beijinhos e vc e no fofoooo aí!

Chama a mamãe disse...

Oi amiga, eu te entendo, tb estou nessa fase, queria muito, mais não sei se é o momento, se é que existe momento certo para isso como vc disse.
Sem contar que agora quando pergunta para a Eloise se ela quer um irmão(a) ela diz que não e fica brava!!! Aiaiaia posso com isso??

Luly disse...

OI AMIGA!
AGORA SIM VIM COMENTAR. HEHE.
BEM , CONFESSO Q TBM TENHO MEDO DA SEGUNDA VIAJEM, MAS E MAIS POR CAUSA Q RECEM PARI PRATICAMENTE, DO Q POR NAO ME SENTIR `PREPARADA, O Q È OUTRO PONTO A SER CONSIDERADO TBM..

NAO QUERO DE JEITO NENHUM ENGRAVIDAR ANTES DA RAFA TER DOIS ANOS, POR CONTA DA CICATRIZAÇAO ETC, PORQUE UMA CESAREA, E UMA CESAREA, E DEMORA PRA FICAR TUDO CERTINHO LA DENTRO NEH?

MAS EU SENTI ESSA VONTADE E ESSE MEDO AO MESMO TEMPO DE ENGRAVIDAR, ANTES DE TER RAFINHA. EU TINHA VONTADE ENOOORME DE FICAR GRAVIDA, MAS MEDO DO Q PODERIA ACONTECER, DAS CONSULTAS, DOS EXAMES DE TOQUEEE Q EU ODEIO, ETC ETC...

E EU QUERO TER OUTRO FILHO MESMO, QUANDO RAFINHA JA ESTIVER NA ESCOLINHA SIM, TER MAIS TEMPO PARA O NOVO BEBE, TEMPO A SÒS COM ELE, PQ ELA VAI QUERER ATENÇAO, VAI SENTIR CIUMES SIM. MESMO A GENTE DANDO ATENÇAO A ELA, OS MIMOS NUM BEBE Q NAO SEJA ELA VAI DESPERTAR CERTO DESCONFORTO, CIUMINHO...E EU QUERO Q ELA ESTEJA GRANDINHA, PRA SENTIR Q È IMPORTANTE, Q PODE ME AJUDAR, TIPO, AJUDANDO A TROCAR AS FRALDAS, AJUDANDO A MAMAE PEGANDO AS ROUPINHAS, ME AVISANDO ALGUMA COISA...EU PENSO NISSO SABE...

ENTAO SE DEUS ME PERMITIR, EU QUERO TER O ISAAC (SE VIER MENINO NEH?) QUANDO RAFINHA TIVER UNS 4 OU 5 ANOS...

CONFESSO Q ESCREVENDO ESSE POST JA ME DA SAUDADE DELA BEBEZINHA, E RINDO...POIS CRESCEM RAPIDO NEH AMIGA?

SOBRE BRUNO TRABALHAR LONGE..
AQUI COM CRIS O CAUSO E TER A NOSSA CASA E OS DOIS ESTARMOS BEM FINANCEIRAMENTE. EU PELO MENOS VENDENDO MINHAS ARTES, PRA AJUDA-LO, PQ SE REQUER DE MUITAS COISAS PARA CRIAR FILHOS. E HOJE NAO NOS FALTA NADA, MAS OBVIAMENTE Q PRECISAMOS DE VARIAS COISAS E QUEREMOS NOS DAR UNS GOSTINHOS Q NAO PODEMOS...

FRALDAS GRAÇAS A DEUS TODO MUNDO TA AJUDANDO AQUI, SENAO NEM SEI O Q SERIA DE RAFINHA. AQUI TODA SEMANA E ALGUEM Q TRAZ FRALDA. UMA SEMANA CRIS, UMA SEMANA MEU PAI, UMA SEMANA UMA IRMA, OUTRA A OUTRA E ASSIM VAI...

E PRA PIOR, NAO POSSO RECLAMAR MTO DE FALTA DE PRIVACIDADE AQUI NA CASA DE MINHA MAE, PQ ELES ME AJUDAM, ENTAO VAO ME CHAMAR DE INGRATA...AI JA VIU TUDO NEH?....

MIGA, MUDANDO DE ASUNTO: TO COM UMA SAUDADE ENORME DA NATH. COMO ELA TA? DIZ PRA ELA ME VISITAR. NOSSA SAUDADE IMENSA MESMO!!!

TENHO O BLOG DELA NA MINHA LISTA AINDA, E SEMPRE VEJO AQUELE ULTIMO POST LA PARADO E ME DA UMA VONTADE DE FALAR COM ELA, SABER COMO ELA TA, RIR UM POUCO COM ELA. BEM DIGA Q LEMBRO SEMPRE DELA TA BOM?
BJS.

Beca Bricio - Mulher que pariu disse...

Jacque, to num dilema parecido tbm.

Outro filho? sim queremos! Mas quando?

por enquanto não estamos pilhados em ter outro, mas também não sei como será com o Gui. Ele é o meu chicletinho. Ainda mais que mama o dia todo ainda. COMOFAZ?????

boa sorte pra vcs!

beijokas

Nat disse...

Ai amiga,
bom saber que até você que sempre foi super decidida nesse assunto tem lá seus medos!
Eu tenho muuuitos, muito mais do que na primeira gravidez.

Beijockas

Liℓℓi Oℓivєirα disse...

Ai Jaque sei bem o q é isso.. penso igual vc, por mim tb teria um filho bem perto do outro de idades, mas ao mesmo tempo tenho medo de não conseguir dar a atenção q eu tanto quero aos meus dois filhos, e mesmo o Luanzinho tão pequeno, não queria tb q ele tivesse a sensação de abandono.. ai q dificil né!! Mais faz como vc está fazendo e Deus te dirá o momento certo, ai é só curtir.. as dúvidas e inseguranças irão embora e vc saberá muito bem o q fazer!! Bjinhos Lili do Luanzinho

Ivna Pinna disse...

Oi Jacque, já passei e ainda passo, por isso tbm.
Mas, de verdade, sou daquelas que prefere esperar. Já pensei na possibilidades deles crescerem juntos, mas sempre paro e penso que não tô preparada.
Mas te pergunto, quando estamos preparadas?
Sei que muita distancia tbm não é bom, meu irmão mais velho tinha 10 anos quando nasci e o outro tinha 6, eu nunquinha tive muito assunto com meu irmão mais velho, somos apenas irmãos, não amigos. O outro sempre foi mais próximo, mas 6 anos é muita estrada né?! Sem contar que são homens né?!
O Enry já vai completar 3 anos e ainda não decidi na-da quanto ao tempo certo.
A vontade vai e volta, Vou deixar pra quando Deus quiser.. Ele sabe melhor que eu né?!

Eu entendo os motivos do teu medo, marido longe é o ó mesmo, e pro Bryan é tão ruim qnto pra vc. Ele não entende pq o pai tá hj mais amanhã já não tá mais pertinho dele. E claro! ele gruda em ti, só quer garantir que vc vai ficar sempre pertinho dele!
Mas tbm sei que tua vontade tá grande, então qndo as listrinhas aparecerem é pq o dia chegou! E vc vai ficar muito feliz mesmo!

Beijos

Um presente para nós dois disse...

É amiga, eu esperei treze anos p/ engravidar novamente e quando finalmente consegui senti muito medo. Entendo muito o que vc está sentindo, mas se não encararmos o medo não realizaremos nossos sonhos.
Parabéns pelas coisitas do segundo niver, está tudo lindo.
Bjs

Ártemis disse...

Jacque, adorei seu post!!
Acho que ser mãe, não importa se de primeira, segunda ou quinta viagem, sempre traz aquele medinho, né? São tantas as dúvida que não sei como não ficamos todas loucas...eheheh
Acho que você deve pensar que o mais importante você já tem: uma família amorosa e bem-estruturada, um amor materno que você sabe que será multiplicado quando vier o segundinho, e a vontade de formar uma família maior.
Vai com tudo que você é ótima mãe e é disso que o mundo precisa: de pessoas bacanas, criando e educando pessoas bacanas!
Beijos

Suzana Lira disse...

Caramba rsrsr o segundo é mt coragem, tive uma suspeita sériiiiaa essa semana que passou (mais ainda seria o primeiro) e eu surtei de tantooo meeedddoooo kkkkkkkkkkkk


Bjo

Ananda Etges disse...

Acho que esse sentimento de insegurança é normal, mas é bem como tu disse... qndo a 2ª listrinha aparecer com certeza tu vai te sentir pronta!

Beijos, Ananda.

Li disse...

Ah! Saiba que quando ahora chegar você saberá. Coração de mãe não se engana!!!

Beijos!

Lívia.

Mommy-to-be disse...

Amiga do céu,

Sumi daqui!!!

Tenho certeza que quando as duas listrinhas aparecerem (e vai ser LOGO!), todo e qualquer medo vai embora no mesmo instante!!!


Tava vendo o post do 2º aniversário do Bryan! Vai ficar lindo d+, já tô imaginando tudo!!!


bjins

A mamãe do Eduardo disse...

Adorei seu cantinho!
Estarei acompanhando vcs!
Beijos Cassie!

Contando...

 

Blog Template by BloggerCandy.com