29 de junho de 2011

Tem como remediar?

Daí que aquele bebê anjo (by teste EDB), que mal dava trabalho (depois do 2° mes), que era carinhoso, obediente, chorava no primeiro não, parava tudo e obedecia a minha voz, decidiu aumentar o estoque de cabelos brancos da mamãe aqui e me deixar com a cara no chão na maioria das vezes.
E ao mesmo tempo que ele desobedece, faz birra, se joga no chão, fica nervoso, ele também sabe como conquistar o coração da mãe: manda beijinhos, entre uma ordem desobedecida e outra, e ouso dizer que ele sabe, sim nos altos dos seus 14 meses, como enlouquecer sua mãe e ao mesmo tempo "abrandar" sua situação.

Então agora estamos assim: Tira Bryan do banho, ele pega os potes de shampoo e condicionador e lança na pobre mãe, como se não bastasse,ainda sai distribuindo tapas voadores, que pegam no rosto, braço, e outro dia ele acertou em cheio meu nariz que até sangrou.
E não é só na hora do banho, se ele não quer sair de algum lugar (da casa da vovó por exemplo), e eu vou pegá-lo no colo, ele faz corpo mole, deita no chão, grita e pra acabar me bate (forte devo dizer).

Nunca pensei que o Bryan fosse ficar assim, pois ele sempre foi muito obediente, com 7,8 meses só de ouvir a palavra não ele abaixava a cabeça e começava a chorar e parava na hora, mas aos 13 meses sua personalidade mudou radicalmente.Parece que ele usa um tampão no ouvido e não me ouve, e isso gera uma série de comentários (que não estou sendo firme, que eu não era assim quando bebê e etc).
Eu falo firme sim,só não grito (fui criada aos gritos pelo meu pai e odeio que gritem comigo) mas olho bem nos olhos dele, sem rir, sem achar graça e falo que não quero que aquele tipo de comporamento se repita, e sabe o que ele faz? joga beijinho e continua fazendo algo de errado.

Eu me pergunto onde errei?? o que estou fazendo de diferente de antes? quero tentar aceitar que é só uma fase, que vai passar, mas sinto que fracassei em alguma parte.Ouvir minha mãe dizer que nessa idade eu nunca fiz uma malcriação ou birra me deixa muito chateada, parece que não estou sendo boa mãe, que não tenho controle sobre meu próprio filho.
Meu medo maior é quando o segundo baby chegar, como Bryan iria reagir tendo um irmãozinho, se o ciúme faria tudo piorar, se ele iria me desobedecer pra chamar atenção ou algo parecido, mas não vou sofrer por antecipação.
Será que vendem algum tônico da obediência??

bjos

12 comentários:

Alethéa disse...

Olha, Jaque, eu creio que é fase SIM, pois Miguel faz muito isso que vc relatou. Mas acredito tb que vai muito da personalidade da criança; não dá para comparar e dizer que vc não é boa mãe pq seu filho faz isso e fulana é melhor pq o filho dela não faz.

Acho que vc está fazendo certo em não gritar, em falar firme olhando nos olhos dele. Acho que a repetição destas atitudes que gerará o entendimento nele.

Abraços e sorte para nós com estes "monstrinhos", kkkkkkkkk!

Anônimo disse...

Te digo que tudo tem sua fase... Nessa idade as crianças são muito espertas, aliás, muito mais espertas do que imaginamos, e sabe por que?? Porque estão conhecendo e se adaptando às novas rotinas e realidades do dia-a-dia e nesses tais conhecimentos e adaptações elas fazem vários testes, essas são as amostrinhas de alguns e saiba que acontece isso com todos... É hora de mostrar com carinho e seriedade que vc é quem "manda". Lembro que meu filho nessa idade se jogava no chão do supermercado que dava as crises de "birra" e eu sempre dava atenção à ele, até que certo dia eu o deixei experneando e gritando sozinho no meio do mercado e continuei caminhando em sua frente como se nem o conhecesse, todo mundo olhando torto e eu nem dando bola, sabe o que ele fez? Ficou com vergonha dele mesmo, levantou do chão quietinho, veio atras de mim e.... Acabou, nunca mas fez desaforo na frente dos outros.... rsrsrsrsr.
É isso, às vezes temos que fingir pouco caso dos espertinhos.
Bjs Suzanna

Ké e Lucas em Motherland disse...

Jacque, vou falar como aspirante à psicóloga, como estudante que está fazendo TCC na área de educação infantil, e como mãe.

Tem como remediar SIM, mas tem quer realmente querer remediar.
Dá pra ver, na sua fala, que vc se deixa levar por ele. As crianças, nessa idade, já sabem SIM manipular (apesar de eu achar essa uma palavra muito forte), sabem bem o que querem. Pelo que vc falou, dá pra perceber que vc não está sendo firme o bastante. Ser firme não é só falar firme, olhar no olho, ficar séria. Ser firme é ser MAIS teimosa que ele, não se deixar "comprar" por agrados dele depois da desobediência, não deixar essa firmeza de lado por gracinhas dele.

Primeiro, tem que descobrir O QUE desencadeia esse comportamento. Em que situações ele faz isso? Quando é contrariado? Quando não ganha o que quer? Ou quando está muito feliz?

A criança cria limites para si própria de duas maneiras: por contingência (por exemplo, quando coloca o dedo no fogo, vai aprender por experiência que não se deve colocar mais o dedo lá, quando for colocar denovo vai lembrar da dor e não colocará mais) e por limites dados à elas. E isso demanda aos pais!!! Uma criança não sabe até onde pode ir, por isso vive nos testando. Vou dar um exemplo simples:

Pegamos o comportamento de bater:
Se o Bryan te bate agora, você fala firme com ele, fica séria, ele chora, ou apenas desiste. Meia hora depois, tenta denovo, e novamente vc fica firme, mas ele faz gracinha e vc acaba sorrindo pra ele. 15 minutos depois ele tenta denovo, e vc desistiu, deixa, chora, se desespera...
O que ele conclui? Que bater nem é tão errado assim, pq vc não briga com ele todas as vezes... E as vezes, acontece pior ainda: ele acaba não sabendo pq vc brigou das duas primeiras vezes, visto que depois não brigou mais, ele passa a entender que o comportamento bater não é o que desencadeia a briga, e sim qualquer outro comportamento.

As crianças dependem muito da gente para aprender, para se conhecer, para encarar o mundo lá fora, quando crescerem. E para isso precisam de limites. Quando vc briga com seu filho, fala sério, o impede de fazer algo, lembre-se que está AJUDANDO-O, e não fazendo mal a ele.

Então acho que é isso... Não dá pra falar muito pq faltam muuuitas informações, mas resumindo é isso.

Bjs!

mandy chaves disse...

amiga realmente é uma fase, porem uma fase q vai definir ele daqui pra frente é agora q ele vai aprender q tudo tem limites...

o dudu tbm era assim, fazia arte e depois uma gracinha...

uma coisa eu aprendi e uso até hj, é jamais desistir, se eu digo nao é nao e pronto, se ele insistir continuo firme até ele desistir mais jamais eu falo nao e depois acabo cedendo, se vc diz nao e ele insiste e vc diz sim ele vai saber q com a insistencia e a birra vc vai acabar deixando...

muitos dizem q creche faz mal mais pro dudu foi ótimo pq ele aprendeu a ter diciplina, obedecer mais, conviver com outras crianças, dividir, até pra desfraldar a creche foi fundamental sozinha acho q seria muito mais dificil, ele entrou com 14 meses na creche e vai só de manha até hj, o henrique eu vou fazer a mesma coisa esperar completar um ano e por na creche..

mais eu acredito q nao seja uma fase q possa passar despercebida pq se ele te bater hj e vc nao fizer nada ele fara isso sempre...


muita paciencia viu!!!
bjossssssss

Franciele Galantine disse...

Deve ser difícil mesmo amiga, eu nem sei qual seria minha reação se o João fisese isso comigo, beijocas minha e do João

Luly disse...

OI AMIGA, Q COISA BOA RECEBER SUA VISITA!
AMO AMO AMO, TU SABE NEH?
OLHA, EU NAO SEI SE VC QUER MINHA OPINIAO, PQ A MINHA SERIA: O Q EU FARIA, E EU NAO SEI SE VC QUER LER.
MAS SE COM 1 ANO ELE SABE O Q È SIM, E O Q È NAO, ENTAO ELE SABE Q NAO ESTA FAZENDO CERTO,
SENDO ASSIM, EU COLOCARIA RAFA DE CASTIGO SIM,
NUMA CADEIRINHA, OU NA CAMA, E SE ELA SAISSE COLOCARIA DE NOVO E DE NOVO, E DE NOVO.
NAO PRECISA BATER...
NO MEU CASO DIGAM O Q QUIZER, EU DARIA UMAS PALMADAS, MAS COM CORRIGIR ASSIM NA CADEIRINHA DA CERTO, ENTAO NAO HÀ PORQUE FAZER ISSO NEH?
ALIAS, NAO MORRI POR TER APANHADO, E OLHA APANHEI MTO!

OLHA Q DE MANEIRA NENHUMA TO TE DIZENDO PRA BATER NELE HEIN!! CADEIRINHA AMIGA.SO ISSO.
SERÀ Q VALE A PENA TENTAR???

A GENTE OPINA TUDO NEH?
MAS SERÀ Q EU FARIA TUDO ISSO Q FALO COM A MINHA?
POR ISSO TE DIGO, MINHA OPINIAO HOJE,
A MINHA!! RS.
A MAE E VC E VC FAZ O Q LHE PAREÇA,
PERGUNTE A SUA MAE O Q PODE FAZER..
ELA SE SENTIRÀ CONTENTE DE VC CONSULTAR COM ELA, MAIS IMPORTANTE E VC SABERÀ PQ VC NAO FAZIA ISSO.RS.

TBM DETESTO GRITOS.
BJS NOSSOS.

Edna Fernandes disse...

Jaque, vou te dar uma dica, quando ele te machucar, diz que ta triste e deixa ele sozinho, finge que chora e tal, assim que meu sobrinho aprendeu que nao podia machucar a gente e ele pedia desculpas, é só uma dica vai que da certo, finge não querer papo com ele pq ele fez uma coisa feia.

Anônimo disse...

Concordo 100% com o comentário da Ké e Lucas em Motherland!
Abraços

Ana Claudia de Moura Becker disse...

OI Jaque! Amore, paciencia que vai dar certo. Como todas as maes falaram, as crianças tem seu tempo para aprender e o importante é que vc quer ensinar e quer harmonia. Continue persistente!

Eu comecei a ler, muito pouco, sobre o nascimento do irmao no babycenter e lembro q nessa idade do Bryan a criança esta se descobrindo mais e construindo os limites. Faz parte.
bjao

Cheilinha disse...

Amiga prefiro acreditar q isso td seja uma fase, pois tenho um mocinho aqui em casa q age da msm forma.
Quanto aos comentários de outras pessoas q insistim em dizer q não somos firmes com eles, eu já nem ligo, pois antes qnd Dudu começava a fzr birra, minha mãe era a primeira á dizer q eu tava judiando do Lucas, naum podia ouvir o choro dele, q já vinha me acusando de estar brigando com ele, de uns tempos pra cá ela viu realmente as reações dele e parou de me enxer a paciência, nem msm ela aguenta as birras dele.
Só sabe o q a gente passa e a maneira q a gente educa, quem está sempre por perto.
Só nos resta ter paciência e esperar, vai q alguém resolva inventar o tônico da obediência.
Deixa eu ir, pq tem alguém aqui q já tirou tds as roupas das gavetas, e já soltei mais de mil nãos e nd se resolveu.
Bjão em ti e no Bryan.

sou mãe, e agora??? disse...

Se eu te dissr que o meu filhote com 7 meses já sabe fazer birras tbm vc acreditaria?
Eu acho que pode ser uma fase sim, mas o problema é se não sermos firmes a fase pode virar costume.
E quanto aos comentários alheios, nós mães muitas vezes ficamos mestres em fazer cara de paisagem neh? Vc precisa do tônico da obediência e eu do tônico pra dormir a noite toda... rs, quando achar me avisa. Bjks pra vc e pro Bryan Lucas!!!

Lais disse...

Como vc mesma disse... "É fase." O Douglas é só 1 mês e pouco mais velho e faz as mesmas coisas. Grita, chora, se joga no chão por pura birra. O fato de sua mãe dizer que vc não era assim quando bebê não significa que vc seja uma mãe ruim! Meus pais dizem o mesmo sobre mim, e completam: "Ele é menino e menino apronta MESMO!" Não se preocupa com isso não, ele não entende muitas coisas ainda, principalmente o certo e o errado. Cabe a vc e seu marido ensinarem, conforme ele vai crescendo e se desenvolvendo, ele vai entender.

Contando...

 

Blog Template by BloggerCandy.com